Futebol FemininoNotícias

Em julgamento Bárbara é suspensa e Fábio absolvido

A coordenadora Bárbara e o preparador Fábio, da equipe feminina celeste foram julgados hoje no STJD com penas distintas: ela foi suspensa por 15 dias e ele absolvido.

Bárbara Fonseca foi enquadrado no artigo Art. 243-F§1º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por “ofender alguém ou sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto”. Após não ter concordado com o pênalti marcado a favor do São Paulo no jogo de estreia do Campeonato Brasileiro Feminino A1 desse ano, marcado mesmo com a zagueira do Cruzeiro não tendo encostado na atleta paulista.

Fábio absolvido

Já o preparador de goleiro, foi julgado por ter chutado uma garrafinha de água na beira do campo como reclamação por uma marcação da arbitragem no jogo contra o Santos, na Vila Belmiro, também pelo Brasileiro Feminino A1 desse ano. Ele foi enquadrado no Art. 258§2° inciso II do CBJD “desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”. Mas foi absolvido por unanimidade dos votantes.

Diego Marinho

Mineiro, 31 anos. Graduado em História, setorista do Cruzeiro no Diário Celeste.

Veja mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo