NotíciasSada Cruzeiro

Vencedor como jogador e treinador, Filipe Ferraz analisa sua importância no Sada Cruzeiro: “orgulhoso de continuar fazendo história”

Filipe Ferraz está em seu terceiro ano como técnico do Sada Cruzeiro

Um dos nomes importantes em toda a história do Sada Cruzeiro, é Filipe Ferraz. Vitorioso como jogador e treinador, Filipe conquistou seu 13° título como treinador com a Copa Brasil de 2024. Diante disso, em entrevista ao Diário Celeste, ele analisou sua importância na história do clube.

Primeiro, Filipe Ferraz falou da sua passagem como ponteiro do Sada Cruzeiro: “Fico muito feliz de poder contribuir para o Sada Cruzeiro de alguma maneira, contribui bastante como atleta. Tenho um carinho enorme pela torcida, uma identificação ímpar e desde o dia em que cheguei, esse elo foi construído.”

Posteriormente, ele analisou sua passagem como treinador: “Hoje como treinador também trazendo frutos (títulos) para o torcedor, o time, para o projeto Sada Cruzeiro. Então fico feliz e orgulhoso de continuar fazendo história aqui no Sada.”

Filipe Ferraz é o atleta com mais jogos na história do Sada Cruzeiro, conforme informado pelo próprio clube. Natural de Joaíma–MG, ele chegou ao clube em 2010/11, período em que a equipe celeste já despontava para se tornar a mais vencedora da história.

Assim, ele fez parte de todo o ciclo em que o Cruzeiro se consolidou como a equipe mais vencedora do vôlei brasileiro, e uma das maiores do mundo. Ao todo, Filipe Ferraz conquistou os seguintes títulos jogando como ponteiro do Sada:

  • Tricampeão Mundial de Clubes (2016, 2015 e 2013)
  • Heptacampeão Sul-Americano (2020, 2019, 2018, 2017, 2016, 2014 e 2012)
  • Hexacampeão da Superliga (2017/18, 2016/17, 2015/16, 2014/15, 2013/14 e 2011/12)
  • Tricampeão da Supercopa (2015, 2016 e 2017)
  • Hexacampeão da Copa Brasil (2014, 2016, 2018, 2019, 2020 e 2021)
  • Tricampeão do Torneio de Irvine-EUA (2010, 2011 e 2014)
  • Hendecacampeão Mineiro (2010 a 2020)

Filipe pouco jogou na temporada 2019/20, em função de já estar se preparando para ser técnico. Assim, aposentou-se ao fim da temporada, substituindo Marcelo Mendez no comando técnico do Sada Cruzeiro. Desde então, foi:

  • Campeão do Mundial de Clubes (2021)
  • Tricampeão Sul-americano (2022, 2023 e 2024)
  • Bicampeão da Superliga (2021/22 e 2022/23)
  • Bicampeão da Supercopa (2021 e 2022)
  • Bicampeão da Copa Brasil (2023 e 2024)
  • Tricampeão Mineiro (2021 e 2022 e 2023)

Veja mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo