sábado, agosto 20, 2022
HomeNotícias do Cruzeiro“Eu vi um potencial gigantesco”, Ronaldo comenta sobre a aquisição da SAF...

“Eu vi um potencial gigantesco”, Ronaldo comenta sobre a aquisição da SAF do Cruzeiro

O ex-atacante revelou que não tinha pretensão de fazer aquisições no Brasil

O sócio majoritário do Cruzeiro, Ronaldo, participou do Expert XP 2022, o ex-jogador comentou sobre a aquisição da SAF do clube celeste e revelou que no momento não tinha pretensão de fazer aquisições no Brasil.

Ronaldo destacou que por não ter uma segurança jurídica, não pretendia fazer aquisições no Brasil, mas após a mensagem de Pedro Mesquita, da XP, optou em adquirir o Cruzeiro.

“Eu que até então, não tinha nenhuma pretensão de fazer aquisições aqui no Brasil, justamente por não ter uma segurança jurídica até então. Ai recebi a mensagem do Pedro e ai já mexeu comigo imediatamente”, revelou.

O Fenômeno ainda comentou que a sua história pelo Cruzeiro e o potencial gigantesco fez com que ele optasse em se tornar sócio majoritário da Raposa, mesmo com a dívida gigantesca.

“O meu passado com o Cruzeiro, a minha história com o Cruzeiro, eu saí bem novinho de lá, o Cruzeiro que abriu as portas do mundo para mim e eu ter a possibilidade de fazer a recuperação do Cruzeiro. Eu vi um potencial gigantesco naquilo, igual eu vi o valor gigantesco da dívida também era gigantesca, mas o potencial ainda sim eu via maior que a dívida”, disse.

Questionado sobre o futuro do futebol brasileiro, Ronaldo disse que não acredita que seja a única opção dos clubes brasileiros, mas que é uma saída muito interessante para as equipes brasileiras.

“No Brasil, de acordo com o histórico, com as gestões que a gente vê, eu acho que a SAF é realmente uma saída muito interessante. Dá uma segurança jurídica para o investidor muito grande, então eu acho que é o futuro próximo, muitos clubes vão aderir a SAF”, destacou Ronaldo.

O ex-atacante revelou que acredita que muitos clubes tradicionais vão virar SAF, com muito dinheiro sendo investido no futebol brasileiro. Ronaldo ainda citou que acredita que talvez, Corinthians e Flamengo consigam sobreviver a esse movimento.

“Vamos ver ai clubes tradicionais virando SAF, com muito dinheiro novo, sendo investido, talvez Corinthians e Flamengo consigam sobreviver a esse movimento, mas do resto, eu acho que todos os clubes aos poucos vão aderir a esse movimento da SAF”, comentou.

Deixe uma resposta

Leia também

Mais popular