Notícias

Autor do gol de empate, Juan Dinenno foi o melhor do Cruzeiro contra o Atlético; veja notas

Juan Dinenno é um dos artilheiros do Cruzeiro em 2024

Em jogo da ida da final do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro mostrou força para buscar o empate em 2×2 com o Atlético no sábado (30), na Arena MRV. O tento de empate celeste foi marcado por Juan Dinenno, que teve a maior das notas do jogo: 7,6.

Posteriormente, o zagueiro João Marcelo, que deu passe para o gol de Juan Dinenno, teve a segunda melhor nota, juntamente com Matheus Pereira: 7,3. Por fim, Zé Ivaldo fecha o top 3 com nota 7,0, veja abaixo todas as notas:

  • 1- RAFAEL CABRAL: 6,2
  • 25- LUCAS VILLALBA: 6,5
  • 43- JOÃO MARCELO: 7,3
  • 27- NERIS: 6,5
  • 3- MARLON: 6,2
  • 12- WILLIAM: 6,8
  • 29- LUCAS ROMERO: 6,3
  • 23- FILIPE MACHADO: 6,7
  • 10- MATHEUS PEREIRA: 7,3
  • 11- ARTHUR GOMES: 6,5
  • 9- JUAN DINENNO: 7,6
  • 5- ZÉ IVALDO: 7,3
  • 16- LUCAS SILVA; 6,8
  • 18- JOSÉ CIFUENTES: 76,7
  • 7- MATEUS VITAL: 6,7
  • 21- ÁLVARO BARREAL: 6,8

Além do passe para gol, João Marcelo fez novamente partida muito segura, mesmo no primeito tempo ruim do Cruzeiro. Enquanto o principal destaque negativo ficou pela atuação de Lucas Villalba, com dificuldades de adaptação jogando na com três zagueiros.

Matheus Pereira e Juan Dinenno analisam empate

Um dos melhores em campo, Matheus Pereira, negou erro tático: “Esse é o esquema que a gente joga desde o início, como o Cruzeiro vai sentir dificuldade? É uma questão de ajuste, é o que estou falando, a gente entrou mal na partida e sofremos dois gols. Não tem por que ficar culpando três zagueiros, esse é o esquema que jogamos desde o início.”

Juan Dinenno, por sua vez, analisou o jogo da seguinte forma: “No primeiro tempo o time fez um jogo regular, marcou muito as jogadas pontuais de gol do time rival. Nesse primeiro tempo tivemos a posse de bola e boas intenções. No segundo tempo acho que fomos melhores, sobretudo no individual, e isso nos proporcionou muitas situações de gol. Acho que poderíamos ter ganhado a partida.”

Veja mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo