sábado, abril 17, 2021
HomeNotíciasBaroni confirmou que irá tentar anular eleição

Baroni confirmou que irá tentar anular eleição

O Giovanni Baroni confirmou que irá tentar anular o resultado da eleição. Candidato derrotado na eleição para a presidência do Conselho Deliberativo, Baroni havia feito uma postagem no sábado à noite dizendo que se pronunciaria neste domingo.

Após a eleição, Baroni disse que para evitar prejudicar ainda mais o Cruzeiro, não iria acionar a justiça para tentar anular o resultado da eleição. No entanto, após as falas do novo presidente do conselho, Paulo Pedrosa. Onde ele questiona até mesmo a empresa Kroll, contratada para investigar, Baroni mudou sua postura.

https://twitter.com/giovannimbaroni/status/1264563752747360256?s=21

O questionamento de Giovanni Baroni é sobre os conselheiros que haviam sido expulsos, e conseguiram de última hora a liberação para votar na eleição. José Dalai Rocha havia expulso 30 conselheiros por terem sido remunerados na gestão do Wagner Pires de Sá. No entanto, 29 desses conselheiros foram na justiça e conseguiram a liberação para votarem.

A famosa ‘urna 5’

Paulo Pedrosa venceu Giovanni Baroni por uma diferença de dez votos, foram 112 votos de Paulo, ex-presidente do Conselho Fiscal, contra 102 de Baroni. Paulo Sifuentes, terceiro colocado no pleito obteve 99 votos, Luis Carlos Rodrigues, 34.

No entanto, após o resultado da eleição, o ex-presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, confirmou que na urna 5 estava os votos dos conselheiros que votaram após conseguir liberação na justiça. Somente na urna 5 o Paulo Pedrosa que até o momento estava com 87 votos, conquistou 25 votos, enquanto Giovanni Baroni que até o momento estava com 97, conseguiu apenas 5.

Ou seja, os votos dos conselheiros expulsos, foram fundamentais para Paulo Pedrosa vencer a eleição. Seria um interesse próprio? Porque esses conselheiros expulsos arriscariam suas vidas indo votar, para eleger Paulo Pedrosa que irá exercer seu mandato apenas até o fim de 2020? É exatamente esse que deve ser nosso questionamento.

As investigações para punir os ex-dirigentes e conselheiros estão bem avançadas, e o processo de reconstrução já começou. Paulo Pedrosa como presidente do conselho pode atrapalhar todo esse processo. Até mesmo ajudar elegendo novos conselheiros aliados à Wagner Pires de Sá.

Dyhego Salazar
Nascido em 14 de Julho de 1994, apaixonado pelo Cruzeiro Esporte Clube e cobrindo o Cruzeiro através do Diário Celeste.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Uma freguesia centenária

Salve Nação Celeste!!! Scarpelli, Polenta, Ciccio, Quiquino, Américo, Kalim, Lino, Spartaco, Nani, Henriquetto e Atílio Esse foi o time do Palestra que entrou no campo do...

A tragédia de Nininho

O primeiro grito de Gol

Mais popular