sexta-feira, outubro 15, 2021
HomeNotíciasPós Jogo – Cruzeiro 1x0 Vitória – Análise tática da partida

Pós Jogo – Cruzeiro 1×0 Vitória – Análise tática da partida

SAI ZIKA! Na estreia do novo treinador, enfim vencemos e foi uma vitória que dá confiança para uma semana de treinamentos visando a sequência do campeonato. Vem ver o que aconteceu no jogo…

Quem Jogou?

Cruzeiro

1Fábio Goleiro
2Raúl Cáceres 50 Lateral-Direito
3Léo Zagueiro
14Cacá Zagueiro
36Matheus Pereira Lateral-Esquerdo
16Jadsom 10 Volante
28Jean Volante
77Airton Atacante 79'
11Maurício 25 Meio-Campo
7Arthur Caike Atacante 75'
9Marcelo Moreno 18 Atacante 4'
50Rafael Luiz 2 Lateral-Direito
10Régis 16 Meio-Campo 75'
18Thiago 9 Atacante
25Filipe Machado 11 Volante

Treinador: Ney Franco

Organização Defensiva

O Cruzeiro passou a maior parte do tempo se defendendo com uma plataforma 4.1.4.1. A equipe utilizou uma marcação em zona pressionante prioritariamente em bloco médio. [+]

E nesses momentos postado em bloco médio a equipe conseguiu fechar bem os espaços, anulando a criação de jogadas do Vitória, obrigando-os a tentar por vezes uma bola longa. Quando o adversário optava por recuar a bola para tentar reiniciar a jogada o Cruzeiro subia a pressão. E conseguiu fazer bem a ponto de levar o adversário ao erro e recuperar a bola por diversos momentos.

E em alguns momentos em que o Vitória tentava sair jogando curto o Cruzeiro marcava em bloco alto, essa situação rendeu ao time muitas recuperações de bola, inclusive com algumas chances perigosas para finalizar. Ney Franco na entrevista mostrou que tivemos um treinamento, fora do comum antes dos jogos, para corrigir essa pressão em bloco alto. Fez efeito e o Cruzeiro soube sincronizar bem melhor que em jogos anteriores.

Ao final do jogo o treinador mudou o sistema de marcação da equipe, adotando um 4.4.2.

Transição Ofensiva

O Cruzeiro manteve o que vinha fazendo nos últimos jogos, porem a execução melhorou, a mentalidade dos jogadores rapidamente mudava da fase defensiva para a ofensiva.

Organização Ofensiva

O Cruzeiro construía sua jogada com 5 jogadores, normalmente dispostos em uma forma de 2+3.

Quando os zagueiros sentiam dificuldade de progredir na jogada, Jean baixava para criar superioridade fazendo assim uma “saída de 3”.

O Cruzeiro com bola continuou tendo paciência para achar espaços, porem acelerava mais o jogo, foi mais vertical e isso fez a diferença no jogo. Inclusive o gol vem em uma jogada de muita velocidade: do tiro de meta até o gol foram 4 passes e 5 jogadores participando da jogada. Um bonito gol que premiou a atuação celeste.

Transição Defensiva

Quando perdia a bola o Cruzeiro procurava fazer a “pressão pós perda”. Era uma fase que estava tendo uma execução bem ruim, e ontem o Cruzeiro se saiu bem com os jogadores muito bem na pressão, principalmente o lateral Rafael.

Conclusão

Foi uma partida para dar esperanças de um desempenho melhor para o torcedor, creio que a equipe ainda está longe do ideal, mas já mostra uma boa margem para evolução. Pontos para o novo treinador que mostrou ter coragem!

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...

Mais popular