terça-feira, abril 13, 2021
HomeCrônicasNo desespero Cruzeiro derrota Sampaio Corrêa

No desespero Cruzeiro derrota Sampaio Corrêa

Primeiro tempo:

Depois de dez dias sem jogar e apenas com Cacá como novidade, o primeiro tempo do Cruzeiro foi até razoável. Assim, logo aos três minutos William Pottker escorou para abrir o placar depois de uma bela jogada entre Giovanni e Sóbis. Na sequência, a partida se mostrou muito equilibrada, com ambas as equipes demonstrando vontade de vencer. Dessa forma, surpreendentemente vimos uma mudança de postura da raposa que, mesmo quando pressionado pelo Sampaio Corrêa, se mostrou valente.

Segundo tempo:

No segundo tempo, contudo, a retranca e a falta de vontade tomaram conta do time de Felipão. Isso porque, além do comandante ter recuado a equipe tirando Giovanni para a entrada de Jadsom, Pottker tomou um cartão vermelho aos seis minutos. Dessa forma, Welinton e Marcelo Moreno também entraram para tentar mudar o ritmo do duelo – que estava favorável ao Sampaio -, mas nada aconteceu. Com 18 jogados, Giovanni foi expulso no banco de reservas. Em seguida, Cacá e Mateus Pereira sentiram o cansaço e deram lugar a Paulo e Patrick Brey. Depois disso, o adversário exerceu certa pressão, mas nada aconteceu e o placar de manteve em 1 a 0. Por fim, cabe destacar as péssimas atuações desde que chegou. Em dez jogos, apesar dos dois gols, o atleta também sofreu dois cartões vermelhos e seis amarelos.

Próximo jogo:

Na próxima quarta-feira (13), Cruzeiro e Oeste se enfrentam no Independência, às 21:30.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

A tragédia de Nininho

Salve Nação Celeste!!! Fosse vivo, Otávio Fantoni, o NININHO, teria feito aniversário no último domingo (04) de Páscoa. Nascido em 04 de abril de 1907, filho...

O primeiro grito de Gol

Mais popular