terça-feira, outubro 26, 2021
HomeNotíciasCruzeiro perde a primeira no ano, com atuação desastrosa

Cruzeiro perde a primeira no ano, com atuação desastrosa

Cruzeiro perde a primeira no ano para o Tombense, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Mineiro. A equipe celeste mais uma vez jogou muito mal e não conseguiu se encontrar na partida.

Primeiro tempo:

A primeira etapa foi amplamente dominada pelo time da casa, que finalizou diversas vezes e levou perigo direto ao gol de Fábio em pelo menos duas oportunidades. Fora o escanteio que originou o gol, aos 35 minutos, no cabeceio de Rubens. O Cruzeiro pouco fez no tempo que esteve com a posse da bola, chutou somente três vezes, de fora da área, e sem perigo ao gol da Tombense.

Segundo tempo:

Prática comum do nosso técnico, uma mudança foi processada no intervalo, Roberson deu lugar a Judivan. Todavia, nada mudou. Aos 18 minutos, Cássio Ortega, em mais uma bobeira da defesa celeste, chutou cruzado e ampliou o marcador. Depois disso, Marco Antônio e Vinícius Popó entraram e o time de Tombos teve um jogador expulso, aos 30 minutos, mas nada suficiente para a reação azul, apesar da pequena pressão no fim do jogo.

Análise:

O cabuloso contou com a volta Edílson, Machado e Jhonata Robert no time titular, mas mesmo assim a dificuldade em criar jogadas, que é decorrente desde o primeiro jogo, continuou. Cabe destacar, novamente, o mal posicionamento dos atletas em campo. Maurício, principal nome do time, mais uma vez foi prejudicado pela escolha do treinador em isolá-lo do lado direito do ataque. O mesmo aconteceu, e vem acontecendo repetidamente, com Éverton Felipe, que tem como principal característica a velocidade e as jogadas individuais, e pouco mostra seus valores devido à escolha de Adilson em colocá-lo para armar as jogadas. Jhonata Robert e Roberson desde que chegaram, nada mostraram e, portanto, não há justificativa para permanecerem como titulares.

Além disso, a defesa continua falhando. Já são cinco jogos consecutivos (Tupynambás, América-MG, São Raimundo-RR, Patrocinense e Tombense) que a equipe sai atrás no placar, e isso não pode acontecer. A grande diferença, é que dessa vez a reação não veio, como ocorreu nas outras quatro vezes. Léo e Cacá não mostram a mesma segurança da temporada passada e os dois laterais, sobretudo João Lucas, erram inúmeras vezes durante a partida.

Portanto, algo precisa ser feito pelo treinador, seja com treinamentos mais intensos ou mudanças na escalação. O que importa é que o time não pode continuar jogando da mesma maneira, ainda mais com adversários tão fracos como vem enfrentando.

Próximo jogo:

A grande expectativa é que no próximo jogo, que acontecerá somente no dia 01 de março, domingo, contra o Uberlândia, a postura seja outra. Além disso, com dez dias de treinamento, o meia Robinho, que estava lesionado desde o ano passado, e Marcelo Moreno, grande contratação para a temporada, podem estar em campo. O que daria uma nova cara ao time.

Agora, com o mesmo número de partidas que as demais equipes, o Cruzeiro se encontra na quinta colocação, com 11 pontos conquistados, fora da zona de classificação, enquanto a Tombense lidera a competição, com 14 pontos.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...

Mais popular