terça-feira, junho 15, 2021
HomeBaseCruzeiro comemora o baixo número de atletas da base contaminados pela Covid-19...

Cruzeiro comemora o baixo número de atletas da base contaminados pela Covid-19 durante 2020

Em um ano convivendo com a pandemia, clubes brasileiros sofreram com o surto da Covid-19 no elenco. O Cruzeiro comemora o baixo número de atletas contaminados nas categorias de base, durante o ano de 2020. Muitas equipes tiveram desfalques importantes, e muitos times conviveram com um número alto de jogadores contaminados de uma única vez.

O clube divulgou que no período de agosto até dezembro, foram realizados 1.679 testes de Covid-19 nos atletas. De acordo com os números divulgados no site oficial do Cruzeiro, apenas 13 foram contaminados com o vírus. No entanto, três já estavam em suas casas. O coordenador clínico, Frederico Araújo, destacou os números da equipe da luta contra a pandemia.

“Chegamos ao final da temporada nas divisões de base com a certeza de que executamos bem o planejamento traçado e hoje, após a dispensa para o recesso dos atletas, podemos afirmar que o Cruzeiro foi um dos clubes do país com menor número de contágio. Ainda teremos um longo período até que se estabeleça um controle da pandemia, mas provamos que é possível desenvolver as atividades do futebol com segurança para atletas e pessoas envolvidas”, destacou o doutor Frederico.

Com o término das atividades no ano de 2020. O clube já iniciou o planejamento pensando no retorno dos atletas durante o início de 2021. O supervisor médico, Tiago Baumfeld, destacou que a Raposa terá protocolos ainda mais rigorosos.

“A preparação do Cruzeiro Esporte Clube para a temporada 2021, vem com protocolos mais otimizados pensando na segurança dos nossos atletas, seus familiares e nossos funcionários. Este ano foi desafiador, mas nos proporcionou criar e desenvolver protocolos muito seguros para o controle da Covid na Toca 1”, destacou o supervisor.

“No próximo ano, todo aprendizado adquirido será utilizado para usarmos os protocolos mais modernos e mais seguros no que tange a controle da Covid-19 no Brasil e no mundo. Podemos dar certeza de que o Cruzeiro na temporada 2021 será um ambiente seguro para a prática do futebol, com segurança para que os trabalhos sejam desenvolvidos no controle do vírus até a chegada da vacina”, finalizou Tiago Baumfeld.

Dyhego Salazar
Nascido em 14 de Julho de 1994, apaixonado pelo Cruzeiro Esporte Clube e cobrindo o Cruzeiro através do Diário Celeste.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Trapaceiros desde sempre!

Salve Nação Celeste!!! A história contemporânea do futebol mineiro traz a Federação Mineira carregando em seu colo seu filho único. A mais recente ajuda? Fazer...

Mais popular