Ex-Cruzeiro, zagueiro Léo Santos está de clube novo na Tailândia e fala de adaptação e costumes do futebol local

O jogador defende agora o Lampang FC após passagem pelo Nongbua Pitchaya

0

O zagueiro Léo Santos, que teve uma recente passagem pelo Cruzeiro, teve na última temporada uma experiência até então inédita na carreira. Quando aceitou o primeiro desafio no exterior ao atuar no futebol asiático.

Após defender inicialmente as cores do Nongbua Pitchaya, da Tailândia, o brasileiro está de casa nova no país e agora veste a camisa do Lampang FC. Clube da segunda principal divisão do país.

Diante desta mudança de equipe, o zagueiro ressalta a importância que esta nova empreitada possui para a sua sequência no futebol tailandês.

“Para mim foi muito bom (mudança de time), isso prova que eu estava fazendo um grande trabalho aqui e chamei atenção de outros clubes do mercado da Tailândia”, disse antes de completar sobre as expectativas em relação ao seu segundo ano no exterior.

“Estou mais preparado em tudo. Tanto na parte física como também ao país, que é muito quente, assim como as culturas locais”, afirmou o ex-jogador do Ituano.

Zagueiro Léo Santos atuando no Lampang FC
Foto: Divulgação / Lampang FC

Por fim, dentro de toda essa adaptação, Léo Santos ressalta também aspectos com os quais precisou se acostumar para poder render da melhor forma possível dentro de campo.

“Aqui você tem que entrar na cultura deles, ter paciência porque eles não são tão organizados igual no Brasil. O futebol daqui é mais rápido, algo que tive que me adaptar para não ficar para trás. Tanto que, uma coisa que eu achei diferente, é que eles costumam sair para correr cedo nas montanhas e muitos times fazem isso. Me chamou atenção, pois no Brasil isso não acontece, porém aqui é cultura deles e precisei me adaptar”, concluiu.

Léo Santos atuou no Cruzeiro na temporada de 2021, foram 12 jogos com a camisa estrelada, o zagueiro ainda marcou dois gols. O jogador foi emprestado pelo Ituano ao clube celeste e retornou à equipe paulista após o término do ano.

Deixe uma resposta