sexta-feira, agosto 19, 2022
HomeNotícias do CruzeiroDiretor do Novorizontino reclama de validação do gol do Cruzeiro

Diretor do Novorizontino reclama de validação do gol do Cruzeiro

Thiago Gasparino reclamou do primeiro gol da Raposa, marcado pelo meia Adriano

O diretor executivo de futebol do Novorizontino reclamou bastante do primeiro gol do Cruzeiro, validado pela arbitragem no jogo do último domingo (17) pela 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Thiago Gasparino destacou o fato de ter demorado quase sete minutos para a validação do gol do Cruzeiro e o árbitro não ter utilizado a cabine do VAR, que fica na lateral do campo.

“O Novorizontino vem novamente se pronunciar por um erro de arbitragem. Nós estamos cansados de ver lances que têm prejudicado a gente, isso não é desculpa pela derrota, mas influencia muito no resultado da partida. Tivemos erros contra o Grêmio, como nós já falamos, contra o Vasco, nós já notificamos a CBF, e hoje novamente um erro absurdo no qual ocasionou o primeiro gol do Cruzeiro. O VAR demora quase sete minutos para revisar um possível lance de impedimento e o árbitro não utiliza o auxílio da cabine do VAR, que está no campo, jogando a responsabilidade totalmente no arbitro do VAR. Quais são os critérios colocados para nós para passarmos aos atletas? Porque não tem critério e nós ficamos nas mãos de pessoas despreparadas”, disse Thiago Gasparino.

O dirigente ainda citou lances contra Grêmio e Vasco e afirmou que o Novorizontino já notificou a CBF (Confederação Brasileiro de Futebol) e questionou os critérios colocados para passarem para os atletas.

O lance questionado pelo dirigente foi do primeiro gol do Cruzeiro, marcado por Adriano após cruzamento de Edu, na jogada, o árbitro de vídeo revisou um possível impedido, após um suposto toque de Léo Pais na bola.

A comentarista de arbitragem da TV Globo, Janette Mara Arcanjo, viu impedimento no lance e citou que a bola desvia no cabelo do uruguaio Léo Pais.

Deixe uma resposta

Leia também

Mais popular