quinta-feira, julho 7, 2022
HomeNotícias do CruzeiroAté quando? Torcida do Vasco leva ao estádio “caixão” com frase considerada...

Até quando? Torcida do Vasco leva ao estádio “caixão” com frase considerada homofóbica

O objeto a seguinte frase escrita: "Maria joga vôlei", tentando "provocar" o clube celeste

Durante o jogo do último domingo (12) entre Vasco e Cruzeiro, a torcida do clube carioca repetiu um ato considerado homofobia, que recentemente gerou denúncia por parte da diretoria celeste contra o Grêmio.

Com um caixão com os dizeres: “Maria joga vôlei”, a torcida vascaína tentou “provocar” o Cruzeiro, no entanto, assim como acontece frequentemente nos estádios, o ato foi mais um dos casos considerados de homofobia praticado por “torcedores”.

Alguns perfis nas redes sociais até citaram a frase utilizada pelo clube carioca que diz: “Respeito. Igualdade. Inclusão” e ao lado colocaram a foto do caixão levado por um torcedor do Vasco.

No jogo entre Cruzeiro e Grêmio, a diretoria do Tricolor Gaúcho denunciou a Raposa ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por cântos homofóbicos da torcida cruzeirense. O clube celeste no entanto, também apresentou uma denúncia, encaminhando um vídeo de torcedores do rival conta cânticos de “Mária joga vôlei”.

A procuradoria do STJD denunciou o clube gaúcho pelos gritos dos torcedores, no entanto, as duas equipes acabaram entrando em um acordo e Cruzeiro e Grêmio não foram julgados.

Até o momento a diretoria cruzeirense não se pronunciou, comentando se irá ou não denunciar o clube carioca pelo caixão levado ao Maracanã com dizeres considerado homofóbico.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Leia também

Mais popular