quinta-feira, maio 13, 2021
HomeCrônicasSem confiança, Cruzeiro perde para o Confiança

Sem confiança, Cruzeiro perde para o Confiança

Primeiro tempo:

O primeiro tempo talvez tenha sido o pior da temporada. Com Patrick Brey de titular mesmo com Matheus Pereira à disposição, o Confiança fez o que quis pelo lado esquerdo da raposa. Logo aos cinco minutos, a equipe do Sergipe marcou um gol olímpico, com uma grande ajuda do menino Jadsom. Depois disso, sem conseguir sair do lugar, o Cruzeiro abriu espaços para o adversário e aos 25 minutos Patrick Brey levou um drible desconcertante, e no cruzamento a bola bateu no braço de Raul Cáceres. Assim, com pênalti, o Confiança ampliou o placar: 2 a 0. No mais, o time comandado por Felipão teve três chances de marcar os gols, com Airton, Pottker e Sóbis.

Segundo tempo:

No intervalo, Luiz Felipe Scolari promoveu as entradas de Marcelo Moreno, Matheus Pereira e Machado, para as saídas de Régis, Brey e Adriano. Com isso, o time pressionou e Cáceres diminuiu aos nove minutos. Depois da pressão, o adversário obrigou Fábio a fazer duas belas defesas. Em seguida, Aírton e Sóbis saíram para que Arthur Caíke e Thiago entrassem. Na sequência, o time mineiro fez uma sequência de finalizações perigosas que, ou foram defendidas pelo goleiro rival, ou passaram perto da trave. Contudo, apesar disso, a derrota permaneceu: 2 a 1.

Dessa forma, fica claro o erro na formação inicial da equipe e a grande instabilidade do time que derrota a líder do torneio fora de casa, mas perde de forma desastrosa para o fraco Confiança. Além disso, destaque para as más atuações individuais de Brey, Jadsom, Régis e William Pottker. Ademais, ainda fica evidente a dificuldade de vencer jogos dentro do Mineirão, sendo o terceiro tropeço seguido.

Próximo jogo:

Na próxima quarta-feira (02), o Cruzeiro jogará fora de casa contra o América-MG, no Independência.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Sorín, seu clube, sua cidade, sua gente…

Salve Nação Celeste!!! O Mês de Maio reserva emoções históricas ao torcedor celeste. Algumas delas remetem ao Pássaro Azul. Magrelo, cabeludo, peladeiro, argentino. Vários ingredientes para que esse...

O dia em que Zelão se rebelou

Heróis Marginais

Mais popular