sábado, julho 31, 2021
HomeNotíciasPós Jogo – Cruzeiro 3x0 Ponte Preta – Análise tática da partida

Pós Jogo – Cruzeiro 3×0 Ponte Preta – Análise tática da partida

Reencontramos o caminho da vitória e com uma atuação que convenceu, que seja a retomada da confiança para a remontada na competição. Vem ver como o Cruzeiro se comportou durante o jogo.

Quem jogou?

Cruzeiro

1Fábio Goleiro
38Daniel Guedes Lateral-Direito
32Manoel Zagueiro 77'
4Ramon Zagueiro
36Matheus Pereira Lateral-Esquerdo 31'
25Filipe Machado 16 Volante 14'
8Henrique 50 Volante
77Airton 29 Atacante 7'
10Régis Meio-Campo 77'
7Arthur Caike 11 Atacante 31'
99Sassá 9 Atacante
11Maurício 7 Meio-Campo
29Caio Rosa 77 Atacante
16Jadsom 25 Volante 90'
9Marcelo Moreno 99 Atacante
50Rafael Luiz 8 Lateral-Direito

Treinador: Ney Franco

Organização Defensiva

Como de costume marcamos em bloco médio, em zona pressionante, utilizando o 4.4.2. Uma coisa que chamou a atenção foi essa pressão exercida no portador da bola, o adversário não teve tempo nem espaço para pensar suas jogadas.

Na saída de bola do adversário o Cruzeiro utilizava uma pressão em bloco alto, e funcionou. Com movimentos de pressão bem coordenados, o time conseguiu fechar linhas de passe e ter boas coberturas nas jogadas. Como resultado, das 56 recuperações de bola, 12 foram no campo adversário, inclusive essas bolas recuperadas geraram alguns dos nossos melhores ataques. Digamos que a pressão em bloco alto foi nosso melhor armador na partida.

Transição Ofensiva

O Cruzeiro tem mostrado uma ideia de acelerar o jogo quando recupera a bola, mas contra a Ponte Preta teve um pouco de dificuldade, na maior parte das vezes por conta de o adversário já estar organizado, mas também por erro técnico. Essa execução na transição melhorou bastante com a entrada do Mauricio, a partir daí o time criou as melhores chances do 2º tempo.

Organização Ofensiva

Com a bola a equipe buscava direcionar os seus ataques para o corredor lateral, a partir dali entrava na zona de finalização preenchendo bem a área e tentando criar jogadas para finalizar no gol adversário. E o 2º gol nasce de uma jogada assim: a equipe troca passes buscando uma oportunidade de atacar o corredor lateral, e quando essa oportunidade aparece acelera o jogo.

Transição Defensiva

O Cruzeiro quando perdia a bola buscava pressionar para atrasar o ataque do adversário ou recuperar a posse da bola.

Conclusão

O Cruzeiro fez um bom jogo, principalmente na parte defensiva, onde sofreu pouco. Com bola teve mais calma e mais confiança, principalmente após o 2º gol. Vamos, Cruzeiro!!

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...

Mais popular