quinta-feira, maio 13, 2021
HomeNotíciasObrigado Evandro!!!

Obrigado Evandro!!!

Contestado. Talvez não exista termo mais adequado pra resumir a chegada do nosso camisa 8 ao Sada Cruzeiro.

Com a missão de substituir um ídolo celeste e melhor oposto do país naquele momento (Wallace), Evandro não só a cumpriu, como assumiu sua responsabilidade e ganhou seu espaço. A cada atuação monstruosa e a cada conquista desse time incrível, o oposto ia exercendo seu papel de protagonista e mostrando o porquê, havia sido o escolhido da comissão técnica para tal função.

Decisivo, competitivo e de personalidade forte, Evandro foi campeão de tudo pelo Sada Cruzeiro, sendo o MVP e melhor da sua posição em várias ocasiões. Para muitos, a equipe celeste conseguiu se tornar ainda melhor e mais agressiva com sua chegada. Talvez os 16 títulos conquistados ao longo dessas 4 temporadas expliquem isso, não é mesmo?!

Bela trajetória de um atleta que com certeza ficará marcado pra sempre nas páginas heroicas e imortais desse projeto fantástico!! Sim, não estávamos preparados para essa conversa, mas assim como em outras temporadas, chegou a hora de nos despedirmos de mais um ídolo.

Embora, o fim dos vínculos contratuais da maioria dos atletas com seus respectivos times, tenham se encerrado de forma oficial, na última sexta-feira, nosso camisa 8 já havia anunciado o fim do seu ciclo no Sada Cruzeiro,  por meio de uma rede social, no início do mês passado.

Por meio de um vídeo publicado em seu perfil no Instagram, o jogador de 38 anos, 2,07m de altura, mostrou todos os troféus conquistados com a camisa Celeste em forma de retrospectiva: foram 20 troféus no total, sendo 16 títulos conquistados.

– História linda né, diversas conquistas, vários amigos e muitos companheiros que vou levar no coração. Quero agradecer a todos que fizeram parte da minha história aqui, incluindo os torcedores, que me cobraram, me elogiaram e que venceram comigo todos esses títulos. Muito obrigado a a todos, a cada jogador que passou aqui, à diretoria, de coração, um grande beijo. Nos vemos algum dia – escreveu Evandro.

Evandro ainda tem no currículo, conquistas como o ouro na olimpíada do Rio-2016 e passagens por diversas equipes tradicionais do Brasil e do exterior. Ainda sem informar qual será o seu destino, o oposto tem voltado suas atenções para projetos pessoais.

No Sada/Cruzeiro, Evandro conquistou os títulos de Campeão Mundial (2016), além de bronze na Polônia em 2017 e prata em 2019. Foi tetracampeão Sul-Americano (2016/2017, 2017/18, 2018/19 e 2019/20). Bicampeão da Superliga (2016/2017, 2017/18 e 2016/17), sendo eleito o melhor “sacador” da competição. Bicampeão da Supercopa (2016/2017 e 2017/2018). Tetracampeão Mineiro (2016/17, 2017/18, 2018/19 e 2019/20) e Tricampeão da Copa Brasil (2017/2018 , 2018/2019 e 2019/2020).

OUTROS TÍTULOS

Em outros clubes, Evandro foi campeão da liga principal do Japão, pelo Suntory Sunbirds, em 2014/2015. Tem também tem passagens pela Grécia, Itália, e está entre os brasileiros que mais se destacaram no voleibol argentino. Foi o maior pontuador do campeonato argentino e MVP da Copa ACLAV, em 2013, com o UPCN. No mesmo ano, também venceu com o time o Sul-Americano de Clubes, sendo eleito o MVP do torneio. Na edição anterior, em 2011/12, foi maior pontuador e melhor sacador da liga portenha pelo Drean Bolivar.

No Brasil, foi vice-campeão em 2013/14 com o Sesi-SP na final com o Sada Cruzeiro. Foi campeão brasileiro pela Cimed em 2007/08 e vice em 2004/05 com o Minas. Pela seleção brasileira foi campeão Mundial Juvenil em 2001 na Polônia e com a principal foi prata no Mundial de 2018, ouro na Liga Mundial de 2006, prata em 2017, e também campeão da Copa dos Campeões de 2013 no Japão.

SUBSTITUTO:

Para o seu lugar, o Sada/Cruzeiro contratou o oposto Alan, ex-Sesi-SP (do qual iremos falar na próxima matéria sobre a formação do elenco para a próxima temporada)

Depois de um breve resumo dessa linda história, construída no melhor time de vôlei do mundo, da ultima década, só nos resta agradecer por todos esses anos maravilhosos, em que o nosso camisa 8 esteve aqui.

Hoje, a nação Celeste se despede de mais um ídolo e aplaude de pé toda a trajetória até aqui conquistada. Sucesso e felicidades Campeão!!

OBRIGADO EVANDRO!

Lívia Melo
Mineira, 32 anos. Profissional Ms. em Educação Física, Setorista Sada Cruzeiro/Cruzeiro - Diário Celeste

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Batata: 45 anos sem o ídolo da 7

Salve Nação Celeste!!! 12 DE MAIO DE 1976 ALIANZA 0X4 CRUZEIRO O ÚLTIMO GOL O primeiro jogo da fase eliminatória da Libertadores acontecera em Lima, no Peru. Lá os...

O dia em que Zelão se rebelou

Mais popular