segunda-feira, janeiro 24, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
HomeFutebol FemininoMarcas históricas e grandes atuações marcam saídas na equipe feminina do Cruzeiro

Marcas históricas e grandes atuações marcam saídas na equipe feminina do Cruzeiro

Duda, Capelinha e Eskerdinha marcam história na Raposa, enquanto Mary Camilo também se destaca nas atuações e profissionais deixam a comissão técnica das Cabulosas

Pouco após ter anunciado as renovações para 2022, o Cruzeiro oficializou as saídas na equipe de futebol feminino. As atletas que não ficam são: Mary Camilo, Eskerdinha, Mayara Souza, Thamirys, Jessica Romero, Carol Shimo, Capelinha, Lucero, Duda e Mayara Vaz. Além disso, o clube informou também que a reapresentação será no dia 10, mas não se pronunciou sobre a oficialização de reforços.

Duda, Capelinha e Eskerdinha se destacam

No clube desde 2019, Duda e Capelinha se destacaram nos números e nos títulos. Duda sai como a maior artilheira do Cruzeiro até então, com 31 gols enquanto Capelinha como a atleta que mais defendeu o manto celeste com 62 jogos. Eskerdinha não ficou pra trás e defendeu o manto estrelado 61 vezes. Além disso, todas foram campeãs mineiras e vice campeãs da série A2 do Campeonato Brasileiro pelo Cruzeiro em 2019, sendo fundamentais na campanha de acesso a elite do futebol feminino nacional.

Duda e Capelinha comemoram gol contra o Social, enquanto Eskerdinha está ao fundo. Foto: Dudu Macedo/BHFOTOS

Atuações

Dentre as atletas contratadas em 2020, Mary Camilo foi a que mais se destacou. Além das boas atuações, defendeu a meta celeste 37 vezes. Depois dela, Mayara Vaz foi quem mais atuou, com 19 jogos e Mayara Souza não teve sequência em 2021, tendo feito apenas 6 jogos, totalizando 18 desde que chegou ao Cruzeiro. Carol Shimo, também com poucas oportunidades, fez apenas 11 jogos.

Mary Camilo, Mayara Vaz e demais atletas entrando em campo na final do Campeonato Mineiro. Foto: André Araújo

Mudanças na comissão técnica

Ademais, deixam a comissão técnica celeste: Otávio Neves (preparador físico), Fábio Fagundes (preparador de goleiras), Camila Thomé (fisioterapeuta) e Alice Dias (médica). Destes, Camilla Thomé e Fábio Fagundes são os trabalhaos mais longevos no Cruzeiro, estando no clube desde 2019.

FICHAS TÉCNICAS

Nome completo: Maryana Pereira dos Santos Sousa
Data de nascimento: 09/09/1996 (25 anos)
Posição: Goleira
Jogos: 37

Nome completo: Mayara Cristina Souza dos Santos
Data de nascimento: 03/12/2000 (21 anos)
Posição: Zagueira
Jogos: 18
Gols: 2

Nome completo: Dayana Shamara Trajano Ricardo Lopes (Eskerdinha)
Data de nascimento: 05/12/1998 (23 anos)
Posição: Lateral
Jogos: 61
Gols: 4

Nome completo: Isabela Cristina Silva Rodrigues (Capelinha)
Data de nascimento: 06/11/1999 (22 anos)
Posição: Volante
Jogos: 62
Gols: 8

Nome completo: Maria Caroline Manoel Shimoguiri (Carol Shimo)
Data de nascimento: 27/05/1999
Posição: Volante
Jogos: 11

Nome completo: Mayara Andreia Vaz Moreira
Data de nascimento: 24/04/1995 (26 anos)
Posição: Meia
Jogos: 19
Gols: 1

Nome completo: Maria Eduarda Ferreira Sampaio
Data de nascimento: 18/05/2001 (20 anos)
Posição:
Meia
Jogos: 59
Gols: 31

Diego Marinho
Cruzeirense, historiador e apaixonado pelo Cruzeiro e por Futebol Feminino. Cobrindo o As Cabulosas através do Diário Celeste e da página Futebol Feminino Celeste.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Mais popular