sábado, outubro 16, 2021
HomeNotíciasEquipe apresentou evolução na estreia do Ney Franco?

Equipe apresentou evolução na estreia do Ney Franco?

A equipe do Cruzeiro venceu o Vitória por 1 a 0 com gol do Régis. Além do resultado positivo, foi possível notar mudanças em relação a equipe que vinha atuando no comando do Enderson Moreira.

Mudanças na equipe

As principais mudanças que deram um resultado positivo foi no meio-campo, com a saída do Henrique, e a não utilização do Ariel Cabral, que não ficou nem no banco de reservas. Tivemos uma saída de bola com mais qualidade e agilidade.

Na segunda etapa quando a equipe ainda não havia conseguindo marcar. Ney Franco fez algo que já há muito tempo não era visto no Cruzeiro, foi ousado retirando um volante, o Jadsom, e colocando mais um meia de criação, o Régis.

Equipe com mais criação tendo Maurício e Régis em campo

Com a presença do Maurício e Régis juntos em campo, a criação da equipe passou a funcionar melhor. E em uma tentativa de ataque do Vitória, a equipe fez algo que também não víamos há muito tempo. Roubou a bola e armou rapidamente um contra-ataque.

Arthur Caike recebeu pela esquerda, conseguiu segurar a bola, limpar do marcador e fazer o cruzamento na medida para o Régis marcar o gol da vitória da Raposa.

Saída de bola segue sendo um problema

No entanto, nem tudo são flores na vitória, tivemos alguns problemas quando ainda tínhamos apenas o Maurício em campo, sem a presença do Régis. Os jogadores de ataque não apareciam para receber a bola, todos escondidos atrás dos marcadores.

Já no setor defensivo, Cacá e Léo não foram tão bem na saída de bola. Em uma jogada com a saída de bola errada, quase sofremos o gol do Vitória, quando a partida ainda estava empatada em 0 a 0.

Mas fazendo uma análise e levando em conta que Ney Franco trabalhou a equipe apenas em dois dias, antes da partida, o resultado é extremamente positivo. Diferentemente do que vinhamos acompanhando com o Enderson Moreira, o treinador buscou solução para a equipe durante a partida.

Ney Franco terá agora pela frente uma semana inteira de treinamentos, a equipe só volta à campo no próximo sábado, para enfrentar a equipe do CSA, pela 10ª rodada da Série B. A expectativa da torcida que não era tão boa com o treinador, está alta.

Assista nossa análise da evolução da equipe:

Dyhego Salazar
Nascido em 14 de Julho de 1994, apaixonado pelo Cruzeiro Esporte Clube e cobrindo o Cruzeiro através do Diário Celeste.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...

Mais popular