terça-feira, outubro 26, 2021
HomeNotíciasEm clássico quente, Cruzeiro perde por 2 a 1

Em clássico quente, Cruzeiro perde por 2 a 1

Cruzeiro e Atlético se enfrentaram no primeiro – e frenético – clássico do ano, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Mineiro e o adversário venceu por 2 a 1.

De novo faço as mesmas perguntas, essa equipe treina? Onde está a intensidade que o treinador tanto prezou na sua coletiva de apresentação?

Primeiro tempo:

Em uma prática que já não é novidade, o time novamente começou mal. Ataque sem entrosamento e defesa totalmente perdida. Sem nenhum tipo de jogada ensaiada, triangulação, a apatia pairou na equipe, tanto que, aos 37 minutos, o rival abriu o placar em um erro coletivo e infantil, após cobrança de escanteio.

Adilson, como é recorrente desde que assumiu, erra novamente na escolha dos 11 iniciais e no posicionamento dos atletas. Comparado ao último jogo, contra o Boa Esporte, Arthur e Edu entraram nas vagas de Léo (lesionado) e Thiago (opção) e, definitivamente, não deu certo.

Segundo tempo:

Na segunda etapa, o jogo foi totalmente diferente. Faltou qualidade, mas raça não faltou. No minuto 18, Thiago substituiu Maurício e, no lance seguinte, marcou o gol de empate, em um cabeceio no canto esquerdo de Victor. No entanto, depois disso o time dominou as ações e demonstrou muita raça, mas nada suficiente para vencer.

Aos 40 minutos, um dia depois de ser apresentado, Jean entrou na vaga do zagueiro, improvisado de volante, Edu, mas pouco fez, até pela falta de tempo. Mas quando o jogo se encaminhava para o fim, Otero acertou um lindo chute e pôs o rival a frente no placar.

Clássico quente:

Vários cartões amarelos e confusões marcaram o confronto, desde Adilson Batista, até os jogadores, todos estavam muito pilhados e com vontade de vencer. Foram 11 no total, contando o do técnico celeste, fora a expulsão do Otero no fim do jogo.

Próximo jogo:

A próxima partida do cabuloso é quarta-feira, no Mineirão, contra o CRB, pela 3ª fase da Copa do Brasil.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...

Mais popular