terça-feira, setembro 21, 2021
HomeNotíciasCruzeiro vence o Tupynambás na raça

Cruzeiro vence o Tupynambás na raça

Neste domingo, Cruzeiro e Tupynambás se enfrentaram pela 4ª rodada do Campeonato Mineiro, e o Cruzeiro vence o Tupynambás na raça. A Raposa saiu atrás no placar, mas buscou a vitória no segundo tempo.

No primeiro tempo o Tupynambás assustou, abriu o placar com o Weldon Grafite, em uma finalização muito boa. O Fábio não conseguiu chegar na bola. Na sequência o Filipe Machado errou o domínio de bola, e Fabinho Alves ampliou para a equipe do Tupynambás.

O primeiro tempo foi um primeiro tempo muito ruim do Cruzeiro, a equipe voltou para o segundo tempo sem mudanças. E no começo do segundo tempo a equipe também não se encontrava. No entanto a equipe se encontrou no decorrer do segundo tempo.

Cruzeiro melhora e busca a vitória

No minuto 21 da segunda etapa o Edílson achou um gol em uma ótima cobrança de falta, diminuiu a vantagem e deu um novo ânimo para a equipe do Cruzeiro, que passou a buscar muito mais o jogo, e se tornou mais ofensivo no jogo.

Roberson tentou tocar a bola por cima dentro da área, a bola tocou na mão do Grafite, defensor do Tupynambás, e o juiz marcou pênalti para o Cruzeiro. Edílson cobrou e deixou tudo igual no placar aos 31 minutos.

Apenas 5 minutos depois o Maurício recebeu do Roberson em uma belíssima jogada do atacante e finalizou para marcar o gol que colocou o Cruzeiro na frente do jogo. Na jogada o Roberson deu um belíssimo ‘lençol’ no jogador do Tupynambás.

Quando todos acharam que o jogo estava resolvido, em um 3×2 para o Cruzeiro, um dos estreantes da noite. Jhonata Robert recebeu do Maurício e marcou o quarto gol do Cruzeiro na partida. Fechando assim a vitória da Raposa por 4×2. Dessa forma o Cruzeiro assume a liderança do Campeonato Mineiro.

O Cruzeiro volta à campo no próximo domingo, para enfrentar a equipe do América, no primeiro clássico da temporada, e um dos primeiros grandes testes do elenco do Cruzeiro em 2020.

Dyhego Salazar
Nascido em 14 de Julho de 1994, apaixonado pelo Cruzeiro Esporte Clube e cobrindo o Cruzeiro através do Diário Celeste.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...

Mais popular