domingo, abril 11, 2021
HomeCrônicasCruzeiro vai mal e empata com o Guarani

Cruzeiro vai mal e empata com o Guarani

Primeiro tempo:

A primeira etapa do duelo entre Cruzeiro e Guarani foi animada. Isso porque, quatro gols saíram: dois do Cruzeiro (Manoel, aos 21 e Pottker, aos 45) e dois do Guarani (aos 15 e aos 39). Porém, apesar dos números, o desempenho celeste foi bem ruim, sobretudo na parte defensiva. Os dois gols do Guarani saíram em falhas da defesa, mas, principalmente, de Patrick Brey, o pior em campo. Além disso, cabe destacar também a teimosia do treinador em não iniciar o jogo com Zé Eduardo, mas sim, com Sassá.

Segundo tempo:

No segundo tempo, contudo, o que não podia piorar, piorou. Logo aos seis minutos, Murilo Rangel fez seu segundo gol e colocou o Guarani na frente de novo. Outrossim, dez minutos depois, para agravar a situação, Willian Pottker foi expulso injustamente. Depois disso, ao invés de colocar um time mais ofensivo em campo para empatar, Felipão promoveu mudanças pragmáticas, colocando Welinton, Thiago e Machado nas vagas de Régis, Sassá e Ramon. Dessa forma, Zé Eduardo não jogou mais uma vez.

Entretanto, mesmo com uma atuação ruim, com várias falhas defensivas, um centroavante inexistente e a teimosia do técnico, a raposa buscou o empate. Isso porque, Welinton cabeceou para o fundo das redes com 36 jogados. Na sequência, nenhuma jogada relevante aconteceu e o jogo acabou em 3 x 3. Em números gerais, o Bugre foi superior na posse de bola (55% x 45%) e no número de chutes a gol (15 x 13)

Próximo jogo:

Na próxima sexta-feira (13), Cruzeiro e Figueirense (que está na zona de rebaixamento) se enfrentam às 21:30, no Mineirão.

Deixe uma resposta

Mais popular