segunda-feira, outubro 25, 2021
HomeFutebol FemininoCruzeiro garante permanência na elite do futebol feminino nacional para 2021

Cruzeiro garante permanência na elite do futebol feminino nacional para 2021

Fundado em 2019, o projeto do futebol feminino do Cruzeiro mostrou sua força. Pois, mesmo não estando entre os 8 melhores, garantiu a permanência no Brasileiro Feminino A1 em 2021. Assim, a confirmação da permanência já havia sido garantida a duas rodadas, porém, as Cabulosas não pararam e fecharam com chave de ouro a participação na primeira fase goleando o Osasco Audax por 6×0, na Arena Barueri.

Cruzeiro goleira Osasco Audax pelo Brasileiro Feminino A1

Portanto, apesar de não contar com Mariana Santos e Capelinha, a equipe feminina celeste fez jus ao nome de cabulosas. Pois, apesar de apenas um gol no primeiro tempo, já mostrava que tinha capacidade para fazer mais. Assim, o segundo tempo veio e a goleada se concretizou. Portanto, o Cruzeiro foi pra cima e fez mais 5 gols e fechou com chave de ouro sua participação no certame nacional. Ademais, vale ressaltar que os gol foram feitos por: Miriã; Vanessinha (2); Janaína; Duda e Micaelly,

Campanha no Brasileiro Feminino A1

Em seu primeiro ano na elite do futebol nacional, o Cruzeiro ficou em 10° lugar com 23 pontos: 7 vitórias; 2 empates e 6 derrotas. Portanto, foram ao todo 24 gols marcados e 20 gols sofridos, tendo um aproveitamento de 51,1%. Por fim, com relação a artilharia, Micaelly foi a artilheira celeste na competição com 5 gols.

OSASCO AUDAX 0x6 CRUZEIRO
Motivo: 
15° rodada do Brasileiro Feminino A1
Data e horário: 14/10/2020 as 19:30
Local: Arena Barueri – Barueri – SP
Árbitro: Flávio Roberto Mineiro Ribeiro
Gols: Miriã (Cruzeiro – 47′ 1T), Vanessinha (10′ 2T), Janaína (36′ 2T), Duda (41′ 2T), Micaelly (45′ 2T) e Vanessinha (48′ 2T)
Osasco Audax: Bruna; Aninha, Isa Matos, Kemillyn Sodré (Poli) e Kessillyn; Sabrina Rocha, Mabi (Cynthia) e Mafê; Karol Mineira, Aline (Gabi) e Vicky Suares (Jéssica)
Técnico: Claudio Boaventura
Cruzeiro: Mary Camilo; Janaína, Pires, Tatá (Micaelly) e Eskerdinha; Vanessinha, Dedê e Patrícia (Kim Campos); Miriã, Duda e Thamiryz
Técnico: Marcelo Frigério
Cartões amarelos: Sabrina Rocha, Kessillyn e Mafê (Osasco Audax)

Diego Marinho
Cruzeirense, historiador e apaixonado pelo Cruzeiro e por Futebol Feminino. Cobrindo o As Cabulosas através do Diário Celeste e da página Futebol Feminino Celeste.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...

Mais popular