quinta-feira, outubro 21, 2021
HomeCrônicasCruzeiro e CSA empatam em briga direta pelo G-4

Cruzeiro e CSA empatam em briga direta pelo G-4

Primeiro tempo:

A primeira parte da partida foi horrível por parte do Cruzeiro. Sem criação, nem vontade de vencer, o time que Felipão escalou foi inofensivo e lento. Dessa maneira, os três volantes foram completamente improdutivos e William Pottker ainda não mostrou a que veio.

Posto isso, a Raposa só chegou com perigo duas vezes, uma com Airton (bela defesa do goleiro), outra com Pottker (para fora). Em contrapartida, o CSA conseguiu chegar por diversas vezes e marcou o gol num cabeceio de Pedro Lucas, aos 26 minutos.

Segundo tempo:

No intervalo da partida, Luiz Felipe Scolari promoveu duas mudanças necessárias, saíram Jadson e Pottker para as entradas de Giovanni – que estreou bem contra o Vitória – e Arthur Caike. Assim, a melhora de desempenho foi evidente.

Com o poder de criação de Piccolomo, o Cruzeiro teve inúmeras chances de gol. Muitas foram defendidas pelo goleiro rival, contudo, aos 12, após o rebote de um chute dado por justamente por ele, que foi o melhor em campo, Sóbis empatou.

Contudo, depois desse ímpeto inicial, as duas equipes se acomodaram e o jogo permaneceu empatado. Apesar disso, Felipão até tentou mudar o placar com as entradas de Sassá e Welinton, mas nada aconteceu. Por fim, cabe um destaque para a péssima arbitragem, totalmente prejudicial ao Cruzeiro.

Próximo jogo:

Na próxima sexta-feira (18), Cruzeiro e Avaí se enfrentam, na Ressacada, às 20:15, em jogo válido pela 30ª rodada da Série B. Mais uma vez a Raposa tem pela frente um adversário direto na primeira pela parte de cima da tabela de classificação.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...

Mais popular