sábado, abril 17, 2021
HomeCrônicasCruzeiro e CSA empatam em briga direta pelo G-4

Cruzeiro e CSA empatam em briga direta pelo G-4

Primeiro tempo:

A primeira parte da partida foi horrível por parte do Cruzeiro. Sem criação, nem vontade de vencer, o time que Felipão escalou foi inofensivo e lento. Dessa maneira, os três volantes foram completamente improdutivos e William Pottker ainda não mostrou a que veio.

Posto isso, a Raposa só chegou com perigo duas vezes, uma com Airton (bela defesa do goleiro), outra com Pottker (para fora). Em contrapartida, o CSA conseguiu chegar por diversas vezes e marcou o gol num cabeceio de Pedro Lucas, aos 26 minutos.

Segundo tempo:

No intervalo da partida, Luiz Felipe Scolari promoveu duas mudanças necessárias, saíram Jadson e Pottker para as entradas de Giovanni – que estreou bem contra o Vitória – e Arthur Caike. Assim, a melhora de desempenho foi evidente.

Com o poder de criação de Piccolomo, o Cruzeiro teve inúmeras chances de gol. Muitas foram defendidas pelo goleiro rival, contudo, aos 12, após o rebote de um chute dado por justamente por ele, que foi o melhor em campo, Sóbis empatou.

Contudo, depois desse ímpeto inicial, as duas equipes se acomodaram e o jogo permaneceu empatado. Apesar disso, Felipão até tentou mudar o placar com as entradas de Sassá e Welinton, mas nada aconteceu. Por fim, cabe um destaque para a péssima arbitragem, totalmente prejudicial ao Cruzeiro.

Próximo jogo:

Na próxima sexta-feira (18), Cruzeiro e Avaí se enfrentam, na Ressacada, às 20:15, em jogo válido pela 30ª rodada da Série B. Mais uma vez a Raposa tem pela frente um adversário direto na primeira pela parte de cima da tabela de classificação.

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Uma freguesia centenária

Salve Nação Celeste!!! Scarpelli, Polenta, Ciccio, Quiquino, Américo, Kalim, Lino, Spartaco, Nani, Henriquetto e Atílio Esse foi o time do Palestra que entrou no campo do...

A tragédia de Nininho

O primeiro grito de Gol

Mais popular