terça-feira, setembro 28, 2021
HomeNotíciasCom fama de pé frio, Jaime Júnior diz que se sentiu pressionado...

Com fama de pé frio, Jaime Júnior diz que se sentiu pressionado em estreia de Luxemburgo

O narrador comentou ainda, que procurou uma benzedeira com medo de estar com alguma energia ruim

Uma situação inusitada vem acontecendo nas partidas do Cruzeiro, com a péssima campanha da equipe, o torcedor sempre busca explicações para algumas coisas que vem acontecendo nos jogos do clube.

Gols já nos acréscimos, viradas inexplicáveis, e principalmente nos grupos de conversas entre torcedores, começaram a insinuar que o narrador seria pé frio, no caso, o Jaime Júnior, quem costuma fazer as transmissões das partidas da Raposa.

Jaime Júnior comentou a situação no podcast GE Cruzeiro, no episódio 121. O narrador destacou que chegou a ser chamado por um primo de pé frio, e que após mensagens de torcedores, ele buscou uma benzedeira em Matozinhos-MG, sua cidade.

“Um primo meu chegou para mim e falou “o Jaime, você é muito pé frio cara, o Cruzeiro só está perdendo, empatando”, ai eu comecei a receber mensagens de torcedores, ai o parente meu me fala, ai eu parei e pensei “será que estou com alguma energia negativa?”, aí fui em Matozinhos-MG, minha terra, e procurei a Dona Fizica, que é a benzedeira lá de Matozinhos. De vez em quando eu procuro ela para dar uma benzida, então, fui lá pra benzer, porque vai que estou com alguma energia negativa”, disse o narrador.

Ele destacou ainda que no jogo contra o Brasil de Pelotas pensou “agora vai, Cruzeiro vai ganhar esse jogo”, e a partida acabou empatada em 0 a 0, e ele voltou a ficar pensativo com a situação.

“Eu fui no jogo com o Brasil de Pelotas, ai eu falei assim “agora vai, Cruzeiro vai ganhar esse jogo”, foi 0 a 0, pensei assim “gente do céu, o que está acontecendo”, ai eu olho a escala, vem o jogo Cruzeiro Guarani, eu falei “pô não estou nesse jogo né, então se o problema sou eu, o Cruzeiro vai ganhar”, ai 3 a 3″, destacou Jaime Júnior.

No entanto, Jaime Júnior também destacou que teve a oportunidade de assistir de casa, sem estar trabalhando, a partida contra o Botafogo, com pênalti cometido pelo Giovanni nos acréscimos, gol sofrido, e acabou vendo que não era ele o problema.

O narrador também comentou sobre a estreia de Vanderlei Luxemburgo, disse que ele mesmo pensou que era a hora de trocar o treinador, e no jogo diante do Brusque, se sentiu pressionado por uma vitória do Cruzeiro. E disse ainda que com virada, gol no fim, e falha do goleiro adversário, caiu tudo por terra, os boatos de pé frio.

1 COMMENT

  1. Esse Jaime não é pé frio não, ele é muito ruim, voz horrível, falta traquejo, comentários desnecessários e fora de hora, meu Deus, tira esse homem da narração

Deixe uma resposta

Páginas Heróicas

Pablito, humildade e gargalhada

Salve Nação Celeste!!! CENA 1: Eu, esse que vos escreve, evoluindo dia a dia na arte de driblar a toxicidade das redes sociais e conseguindo ser...

Mais popular