Notícias

Protesto na Toca II: Jogadores prometem ‘virada de chave’ nos jogos restantes do Brasileirão

Após convocação, torcidas organizadas do Cruzeiro compareceram nesse sábado (21) a Toca da Raposa II. Nos protestos, foram ditas entre outras frases, tanto criticas a Ronaldo quanto ao elenco, como: “Ronaldo não investe, vai cobrar o torcedor!”; “Time pipoqueiro! Tem que ter raça pra jogar no meu Cruzeiro”. Contudo, devido a esquema montado pela Policia Militar, os jogadores entraram no CT sem ter contato com os torcedores.

Excetuando-se os presidentes da Máfia e China Azul, que entraram na Toca da Raposa II para conversar com o volante Lucas Silva e o goleiro Rafael Cabral, representantes dos atletas. Onde, segundo informação de Samuel Venâncio. ambos prometeram entrega total e mudança de chave nos jogos restantes pelo Brasileirão. Além disso, Rafael Cabral pediu desculpa em episódio de criticas feita por um torcedor do clube.

Na oportunidade, o elenco estava desembarcado do jogo contra o Cuiabá, onde o torcedor foi cobrar e acabou xingando Rafael Cabral. Situação extremamente criticada pelas torcidas organizadas do clube, que chegaram a fazer nota oficial. Contudo, em entrevista após derrota para o Flamengo, Cabral falou novamente sobre a situação, confira CLICANDO AQUI.

Os protestos aconteceram em um momento em que o Cruzeiro de ausência de vitórias: 4 jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro. Além disso, aconteceram na véspera de um clássico contra o Atlético, que será as 16h no domingo (22) na Arena MRV. O duelo vai marcar o reencontro das equipes após derrota do Cruzeiro do 1° turno, em um jogo em que Rafael Cabral foi muito criticado devido a gol de falta do adversário.

Diego Marinho

Mineiro, 31 anos. Graduado em História, setorista do Cruzeiro no Diário Celeste.

Veja mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo