Notícias

Presidente da CBF se manifesta sobre paralisação do Brasileirão; veja

Pedido de paralisação aconteceu devido a enchentes no Rio Grande do Sul

Acontecerá nesse final de semana mais uma rodada da Série A do Brasileirão. Mas, sem jogos de equipes gaúchas, devido a adiamento dos seus jogos. O adiamento veio a pedido do governo do Rio Grande do Sul, e o presidente da CBF se manifestou sobre:

“O poder da CBF não é supremo e absoluto. É limitado e assim como fizemos no conselho técnico com todos os clubes, faremos também a partir do momento que os clubes entendam que precisam deliberar sobre esse assunto. Neste momento, estamos sintonizados com os clubes do RS e sua federação. O que foi solicitado, atendemos integralmente, que é o adiamento até o dia 27 de maio.” – Disse Ednaldo Rodrigues em entrevista a Rádio Itatiaia

Além disso, o presidente da CBF falou da comissão nacional de clubes: “A CBF convoca o conselho técnico, no início de uma competição, discutir todos os pontos. Se tiver algum problema no curso de uma competição, o conselho técnico solicita, tem uma comissão nacional de clubes que verifica tudo isso e está atuante.”

Há vários dias o Rio Grande do Sul tem sido castigado com enchentes, decorrentes de chuvas ininterruptas. Assim, o governo do estado solicitou a paralisação do Campeonato Brasileiro. A CBF, por sua vez, adiou os jogos das equipes gaúchas até 27 de maio.

Dentre os jogos, está Cruzeiro x Internacional, que estava previsto para a 5ª rodada, no Mineirão. O duelo, no entanto, como os demais das equipes gaúchas, não teve nova data definida ainda.

Diego Marinho

Mineiro, 31 anos. Graduado em História, setorista do Cruzeiro no Diário Celeste.

Veja mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo