Notícias

Em coletiva na Toca II, Gilberto falou sobre sua chegada e sua postura dentro de campo: “Sou um cara que trabalho muito.”

Recém contratado, o atacante Gilberto concedeu entrevista coletiva nessa quinta (26) na Toca II. Experiente, ele tem passagens por Vasco, São Paulo e Bahia, sendo a equipe baiana onde teve mais destaque. Na coletiva, ele falou um pouco sobre sua postura dentro de campo, sua chegada ao Cruzeiro e sobre o clássico com o Atlético, pelo Campeonato Mineiro.

Logo no começo da coletiva, Gilberto destacou que os motivos do seu acerto foram a grandeza do Cruzeiro e sua admiração por Ronaldo: “A influência do Ronaldo, é uma influência de tudo que eu vi e vivi antes de me tornar atleta profissional. Ele era um dos grandes ídolos que eu tinha e to ansioso pra conhece-lo.”

Além de artilheiro, Gilberto também é muito querido pela torcida do Bahia. Assim como lá, ele falou sobre o motivo disso, e que vai fazer da mesma forma no Cruzeiro: “Eu sou um cara que trabalho muito, que exige muito, que quero muito vencer e estar disputando sempre no mais alto nível. Isso faz com que eu crie um nível de exigência dentro de mim e dos meus companheiros.”

Média de gols

Centroavante, Gilberto tem uma média superior a 20 gols nas últimas três temporadas. Além disso é o vice-líder em gols marcados do Brasileirão desde a edição de 2018 com 46 gols em 122 jogos. Ademais, marcou balançou a rede 26 vezes em sua última passagem pelo Bahia.

Porém, o atacante não estabeleceu uma meta de gols. Mas, ainda assim, deixou claro como será dentro de campo com a camisa do Cruzeiro: “O torcedor do Cruzeiro pode esperar muita dedicação, trabalho duro (pois) vou fazer de tudo pra ajudar o clube de todas as maneiras. Vou me entregar dentro de campo.”

Atlético como principal vítima

Principal rival do Cruzeiro, o Atlético é também o 2° clube que Gilberto mais marcou gols. Questionado sobre isso e sobre o clássico, o atacante falou sobre como será sua postura em campo: “É um clássico, onde a gente tem que respeitar as partes e eu sempre entro focado pra ajudar minha equipe. É isso que vou fazer sempre.”

Veja a coletiva completa

Diego Marinho

Mineiro, 31 anos. Graduado em História, setorista do Cruzeiro no Diário Celeste.

Veja mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo