Cruzeiro tem acordo para mandar jogos no Pacaembu em 2024

Pacaembu está sendo administrado pelo consorcio Allegra.

Ao que parece, o Cruzeiro vai manter a realização de jogos sob seu mando em outros estádio em 2024. Assim, o clube tem acordo fechado para a realização de ao menos dois jogos no Pacaembu. A informação é de Rodrigo Capelo e Leonardo Lourenço (GE).

O acordo foi confirmado por Eduardo Barella, CEO da Allegra, concessionária que assumiu a operação do estádio. Na maioria dos estádios brasileiros, quando recebem jogos é um aluguel pré-fixado e apenas parte da bilheteria é cedida ao clube. Mas no Morumbi, o modelo proposto é de sociedade.

O CEO da Allegra detalhou como será a sociedade: “O aluguel é zero e todo o custo de operação, segurança, limpeza, brigadista e por aí vai, ele é um custo aberto que tem que ser aprovado por ambos. Todo o dinheiro que entra de bilheteria, hospitalidade, alimentos e bebidas, estacionamento, etc., o primeiro dinheiro que entra paga o custo, depois divide.”

Além disso, Eduardo Barella elogiou a SAF do Cruzeiro: “O caso do Cruzeiro é emblemático. É uma gestão com uma cabeça muito legal, muito positiva, de construção. Por exemplo, eu tenho meus filhos e meus filhos torcem para o meu time. Seguramente eles não vão ser cruzeirenses.”

Por fim, complementou: “Cruzeiro vem jogar em São Paulo, você imagina que tem um monte de mineiros aqui. Eu gosto de futebol, levo meu filho, meu filho fala, “pô, pai, a experiência no jogo do Cruzeiro é muito legal”. Ele começa a ter simpatia pela marca, ele começa a ter simpatia pelo time.”

Além da equipe celeste, São Paulo e Santos também tem acordo fechado para mandar jogos no Pacaembu. Mas uma quantidade maior, com cerca de 10 jogos cada. Além disso, sob administração da Allegra, o estádio vendeu seus naming rights ao mercado livre.

Deixe uma resposta