quinta-feira, julho 7, 2022
HomeNotícias do CruzeiroCruzeiro chega a um acordo com a Procuradoria do STJD e não...

Cruzeiro chega a um acordo com a Procuradoria do STJD e não será julgado por cantos homofóbicos

A transação disciplinar proposta pela diretoria celeste foi acolhida, mas ainda precisa ser homologado pelo Tribunal Pleno do STJD

O Cruzeiro conseguiu chegar a um acordo com a Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), e com isso não será julgado por cantos homofóbicos da torcida no jogo contra o Grêmio.

A transação disciplinar proposta pela diretoria celeste foi acolhida. No entanto, ainda precisa ser homologado pelo Tribunal Pleno do STJD. Em caso de rejeição o processo retorna para julgamento em primeira instância na Comissão Disciplinar.

Relembre o caso

Após ser derrotado pelo Cruzeiro, o Grêmio emitiu um pedido para que o Cruzeiro fosse denunciado por cânticos homofóbicos de seus torcedores, no Mineirão.

No entanto, depois da diretoria do Tricolor Gaúcho optar por enviar um pedido de denuncia, o Cruzeiro fez o mesmo, já que torcedores do Grêmio também utilizaram cânticos homofóbicos na partida.

As diretoras de Cruzeiro e Grêmio anexaram nos pedidos, vídeo mostrando os cânticos praticados pelos torcedores. Após o pedido dos dois clubes, a Procuradoria do STJD aceitou a solicitação das duas equipes.

Deixe uma resposta

Leia também

Mais popular