terça-feira, agosto 9, 2022
HomeNotícias do CruzeiroClube mineiros demonstram apoio ao presidente da CBF, Cruzeiro assinou a nota

Clube mineiros demonstram apoio ao presidente da CBF, Cruzeiro assinou a nota

América, Atlético e Cruzeiro assinaram o documento junto com a Federação Mineira de Futebol

Nesta quinta-feira (27) o Atlético-MG divulgou uma nota que também foi assinada pelo Cruzeiro e América, onde os clubes mineiros demonstram apoio ao Rogério Langanke Caboclo, presidente da Confederação Brasileira de Futebol.

A nota também é assinada pela Federação Mineira de Futebol, em um trecho do documento é destacado “não podemos permitir que críticas sem provas e sustentadas por áudios cuja veracidade não se comprova maculem o trabalho de profissionalização que tanto se buscou no futebol brasileiro”.

Caboclo está convivendo com uma crise na presidência da CBF, desde que a ESPN divulgou um áudio, onde indicava que o dirigente sofre ingerência à frente da CBF.

O documento foi divulgado no site oficial do Atlético, apesar de ter assinado o documento, o Cruzeiro não se manifestou nas suas redes sociais, e nem em seu site oficial.

Nota de apoio ao presidente da CBF

Belo Horizonte, 26 de maio de 2021.

A Federação Mineira de Futebol e os seus afiliados América Futebol Clube, Clube Atlético Mineiro e Cruzeiro Esporte Clube manifestam apoio à gestão do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo.

Rogério Langanke Caboclo assumiu a Presidência da CBF para o quadriênio 2019-2023. Foi eleito com 95,7% dos votos, em pleito realizado no dia 17 de abril de 2018.

Desde então, vem implementando uma série de ações que elevaram a gestão, a transparência e a eficiência administrativa da entidade. Estabeleceu governança profissional (acompanhada por empresa de consultoria do grupo das “big four”); tem estabelecido o chamado “fair play” financeiro no futebol – a fim de coibir práticas inadequadas de um passado recente; implantou processos licitatórios nas compras; investiu no desenvolvimento do futebol; ampliou a base do futebol feminino; e elevou, de seis para 21, o número de campeonatos promovidos pela entidade.

São muitos, portanto, os feitos da gestão de Rogério Caboclo como presidente da entidade maior do futebol brasileiro. Assim como ocorreu, também, no tempo em que ele esteve como CEO da CBF, de 2017 a 2019. Nesse período, comandou a execução do plano de Governança, Risco e Conformidade (GRC), conduzido pela empresa de consultoria internacional EY. Idealizou, ainda, a criação da área de Compliance da entidade e da CBF Academy.

Trata-se de uma mudança completa na cultura e no jeito de se fazer e pensar o futebol. Não podemos permitir que críticas sem provas e sustentadas por áudios cuja veracidade não se comprova maculem o trabalho de profissionalização que tanto se buscou no futebol brasileiro.

Atenciosamente,

Federação Mineira de Futebol – Presidente Adriano Guilherme de Aro Ferreira

América Futebol Clube – Presidente Alencar da Silveira Júnior

Clube Atlético Mineiro – Presidente Sérgio Coelho

Cruzeiro Esporte Clube – Presidente Sérgio Santos Rodrigues

Deixe uma resposta

Leia também

Mais popular