Notícias

Após vitória sobre o Atlético-GO, Fernando Seabra destaca maturidade da equipe, exalta torcida e cita isonomia no trabalho; veja

Cruzeiro venceu Atlético-GO pelo Brasileirão neste domingo (12)

Em um jogo difícil sob muito calor, o Cruzeiro venceu o Atlético-GO por 1×0, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Diante disso, o técnico Fernando Seabra destacou a maturidade da equipe, exaltou a torcida e citou a isonomia no trabalho.

Primeiro, Seabra começou falando da maturidade do Cruzeiro: “Sabíamos da dificuldade que iríamos encontrar aqui, uma equipe que vinha com uma linha de trabalho estabelecida e bastante consistente nos seus comportamentos. Estava claro que teríamos que saber passar por momentos de dificuldade no jogo e o nosso time conseguiu ter essa maturidade se adaptando ao jogo nesse sentido.”

Na sequência, Fernando Seabra falou do gol de Matheus Pereira: “Pontuamos muitas coisas no intervalo, uma delas que, de novo, mantivesse a tranquilidade e focasse no momento decisivo porque teríamos chance de vencer o jogo. A equipe teve o mérito de na reta final do jogo conseguir ter uma certa imposição e empurrar o adversário. Numa dessas, o Matheus bem colocado numa zona onde ele é bom finalizador teve a felicidade de ser muito preciso.”

Além disso, Seabra apontou a isonomia no trabalho como fator de mudança no 2° tempo: “Fizemos um bom primeiro tempo nas bolas paradas defensivas, mas além da conversa do vestiário, o fator primordial é a isonomia com que a gente tem trabalhado o grupo. Todos os jogadores tem carga de treino e atenção igual, as entradas no jogo foram muito boas.”

Na sequência, Seabra complementou: “A gente vem de um cansaço excessivo e os jogadores que entraram conseguiram elevar o nível de rotação. Esse foi o fator primordial, todos entenderem e serem capazes num momento correto durante a partida.”

Torcida foi fundamental

Apesar de estar fora do casa, o Cruzeiro pode contar com bom número de torcedores presentes no estádio do Atlético-GO. Assim, ao fim do jogo, Fernando Seabra fez questão de levar os atletas para comemorar com os torcedores:

A torcida foi fundamental, pois transmitiu uma energia excepcional. Estamos longe de casa, e a torcida encheu um setor inteiro do estádio como visitante. E apoiou demais a equipe, torceu de forma genuína. Mesmo nos momentos de dificuldade, transmitiu energia positiva para a equipe dentro de campo. E, com certeza, (a torcida) nos ajudou a passar por esses momentos de dificuldade.” – Disse Seabra

Diego Marinho

Mineiro, 31 anos. Graduado em História, setorista do Cruzeiro no Diário Celeste.

Veja mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo