Notícias

Após chamar de torcida do Cruzeiro de ‘torcidinha de modinha’, Cicinho pede desculpas

Ex-jogador, Cicinho em participação no programa SBT Sports recentemente chamou a torcida do Cruzeiro de ‘torcidinha de modinha’. Porém, diante da repercussão negativa da sua fala, através de suas redes sociais, ele pediu desculpas referindo aos que vaiaram Ronaldo como não sendo ‘verdadeiros torcedores do Cruzeiro.’

Cicinho começou falando que não menosprezou a torcida: “Cheguei de viagem agora na minha casa, em Goiás, e me deparei com muitas ligações de muitas pessoas de Belo Horizonte, principalmente me ligando a respeito de minha declaração no programa. Desde já quero me retratar com a torcida do Cruzeiro. Minha declaração não foi menosprezando a torcida do Cruzeiro.”

Na sequência, ele fez o pedido de desculpas: “Então, entenda bem, à torcida do Cruzeiro, a qual tenho muito respeito, a qual até tem uma parceira, uma amizade muito grande com a Independente, torcida do São Paulo, peço desculpas se vocês se sentiram ofendidos, não foi minha intenção.”

Por fim, ele defendeu Ronaldo: “Eu falei simplesmente torcidinha aquelas pessoas que vão para vaiar o Ronaldo, até porque eu conheço o Ronaldo e nós, que estamos vendo o trabalho que o Ronaldo está fazendo, é louvável. Continuo achando que aquelas pessoas que vaiam o Ronaldo não são verdadeiros torcedores do Cruzeiro, porque o torcedor é grato pelo o momento que o Cruzeiro está vivendo.”

Assim como Paulo Pezzolano, Cicinho é um dos que não concordaram com as vaias sofridas por Ronaldo na derrota para o América, no sábado (10). Assim como Pezzolano, ele vê de forma positiva o trabalho do fenômeno no Cruzeiro, e entende que a torcida tem que ter gratidão.

Diego Marinho

Mineiro, 31 anos. Graduado em História, setorista do Cruzeiro no Diário Celeste.

Veja mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo