ColunaNotíciasSada Cruzeiro

Uma semana de problemas para o Sada Cruzeiro

A última semana foi complicada para o Sada Cruzeiro, problemas dentro e fora de quadra movimentaram a semana do maior clube de vôlei do mundo. Wallace afastado e com muitas chances de uma punição grave, além de Miguel Lopez com risco de ser também ser suspenso.

O torcedor cruzeirense está acostumado a ver o nome do Sada Cruzeiro na capa dos principais jornais esportivos do Brasil, mas com notícias de vitórias e conquistas, nesta semana isso mudou.

Wallace e Lopez fizeram com que o nome do Sada Cruzeiro fosse ligado a notícias ruins e gerou grande críticas ao clube, tanto de torcedores da Raposa, quanto de rivais.

Wallace com risco de grave punição

Wallace foi questionado por um seguidor em seu Instagram se “Daria um tiro na cara do Lula com essa 12”, o atleta replicou a pergunta e questionou seu seguidores: “Alguém faria isso?”, com as possibilidades de resposta “Sim” ou “Não”.

O ato repercutiu bastante nos principais jornais, ficando durante horas entre os assuntos mais falados em todas rede sociais. Wallace foi suspenso pelo Conselho de Ética do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). A Advocacia-Geral da União solicitou à CBV, uma multa de R$ 100 mil e banimento definitivo do jogador do vôlei.

Lopez expulso e com risco de suspensão

A situação de Lopez também não é nada fácil, o jogador deu um tapa no rosto do ponteiro Paulo, do Minas. O Sada Cruzeiro divulgou uma nota lamentando o ocorrido envolvendo o ponteiro cubano.

De acordo com o artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, “praticar agressão física durante a partida” pode acarretar uma suspensão de até 12 jogos. Ademais, caso a agressão cause uma lesão no adversário, segundo § do artigo 254-A, a suspensão pode aumentar para até 28 partidas.

** Texto de cunho pessoal e não reflete, necessariamente, a opinião do Diário Celeste

Dyhego Salazar

Nascido em 14 de Julho de 1994, apaixonado pelo Cruzeiro Esporte Clube e cobrindo o Cruzeiro através do Diário Celeste.

Veja mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo