terça-feira, julho 5, 2022
HomeNotícias do CruzeiroAnálise Tática: Cruzeiro supera dificuldades nos Aflitos e assume a liderança da...

Análise Tática: Cruzeiro supera dificuldades nos Aflitos e assume a liderança da Série B

A Raposa manteve o padrão tático, mesmo com as mudanças na equipe titular

O senso comum para avaliação de um bom trabalho de um treinador, certamente seja a capacidade da equipe em apresentar padrões táticos identificáveis e, de mostrar o potencial do elenco.

Podemos ter opiniões diferentes sobre as ideias de jogo do Pezzolano mas não podemos questionar que nessas métricas o treinador uruguaio vêm sendo aprovado. Exemplo dessa afirmação foi o primeiro tempo da partida entre Náutico x Cruzeiro onde a equipe mineira ganhou por 1 a 0, conseguindo os 3 pontos mesmo tendo dificuldades extra como a condição do gramado e o cansaço físico e mental.

O desgaste dos jogadores foi o motivo que levou o Pezzolano a trocar 5 peças do time que vinha sendo “titular”, mesmo com diferenças nas características individuais e a falta de entrosamento a equipe conseguiu manter o padrão tático.

O time iniciou com o Marcelinho que apesar de ser ponta atuou como ala pela direita, Canesin e Daniel Jr como “falsos pontas” que em fase de ataque jogavam por dentro e Rafa Silva como centroavante, a se destacar um meio de campo mais “criativo” e um 9 que conseguia reter bem a bola no ataque.

Nesse primeiro tempo onde a equipe foi equilibrada entre ataque e defesa, o Cruzeiro foi superior, conseguiu trocar passes no campo do adversário e impedindo os avanços do Náutico com muita intensidade nas pressões pós perda e marcação alta.

O gol foi após uma recuperação de bola na pressão pós perda, e uma jogada de 3º homem, onde o Willian Oliveira recupera a bola e infiltra na área para receber o passe do Canesin após uma triangulação com o Rafa Silva e finaliza por cima do goleiro, jogada que mostra efetividade de treinamentos.

No segundo tempo, empurrado pelo Náutico e também retraído devido as substituições do Pezzolano, o Cruzeiro segurou a vitória marcando mais no seu campo em linhas baixas e médias e poucas vezes encaixando a marcação alta. Time se defendeu bem, mas tinha dificuldades para sair em contra ataque, pelo cansaço e muita das vezes pela falta de jogadores com características de velocidade.

A vitória Celeste além de importante pro clube assumir a liderança da competição, dá mais tranquilidade pro Pezzolano continuar o trabalho, melhorar a efetividade ofensiva e buscar o tão sonhado acesso à Série A.

Deixe uma resposta

Leia também

Mais popular